Saturday, October 29, 2005


Vejo-te triste abandonada e só Tua alma fraca;
dolorida e escura
A caminhar na via da amargura
Tua alma sem amor é cinza e pó
Que tragédia
tão funda no teu belo peito
Quanta ilusão
e sonho se acabou
Ou amor que foge voa e passa
Fiozinho de sangue triste que na tua vida corre
Meu deus aqui me tens aflito e retirado
Eu quero amar,
amar perdidamente
Mas amar só por amar não na minha mente
Deixa-me tornar esta mulher contente
Eu quero amar e não ser ausente
A mulher que sofre por uma vida ter
Por nela amar
e tanto sofrer
Beberei as lágrimas dessa dor presente
Passo triste na vida e triste sou
Um caminhante exausto
que vai morrer
Eu vi o por do sol
antes dele nascer
Mas meu amor
eu nasci foi para sofrer
No mais fundo de ti
Procuro ternura súbita
Tudo porque perdi
as rosas brancas
Que apertava
junto do meu coração
E vejo-te alegre,
rosadinha e fofa
A tua alma outrora fraca
Tornou-se forte
vigorosa e Sá
A caminhar
no leito do amor
E se um dia a ilusão te pegar Não fiques triste Eu te ajudarei esses sonhos realizar

1 Comments:

Anonymous P!ca.pt said...

a foto ta gira e o texto ta muito fixe
faz me lembrar 2pessoas que conheco lol.....

KIss*****************

8:08 AM  

Post a Comment

<< Home